Tag: transpessoal

03 de outubro de 2019

CAMINHE COM QUEM ACREDITA EM VOCÊ

Na floresta, a lagarta caminha solitária buscando reconhecer seu propósito de vida. Com seus minúsculos pés vai chutando a areia seca querendo respostas de perguntas que ela mesma não conseguia fazer. Nasceu gosmenta, considerada feia pela fauna ao redor, não entendia o motivo dos preconceitos que ouvia. Até entre as iguais de sua espécie o […]

11 de setembro de 2019

FOGO HUMANO

Terça, dia de folga, casa. Quase madrugada. Na televisão, a introdução de um episódio da série Station19* mexeu comigo, mesmo a sonolência me tirando a atenção plena. A protagonista narrava no início da história: “O que faz o fogo?” E as imagens mostravam cenas do cotidiano dos outros personagens. Vieram os pensamentos, pois essa pergunta […]

04 de julho de 2019

SER OU NÃO SER: SEM DILEMAS

Há dias que dá vontade de ser a lua em eclipse. Dar uma sumida por uns instantes. Fundamentalmente, algumas várias horas. Esconder, recolher, adormecer. Ser sombra. Receber a sombra. Contar até 10 na brincadeira de esconde-esconde. E voltar às fases transitórias da essência. Há dias que somos cheios. Noutros, somos minguantes. E está tudo certo. […]

19 de junho de 2019

CURRÍCULO: ARRASTAR, ENGATINHAR, ANDAR E CORRER

“A vida é feita de ciclos”, disse Laís filosofando no corredor da empresa onde estagia. Questionava-se em relação à trajetória profissional após a formatura que viria em breve. Não queria parar de estudar, mas desejava um descanso, férias escolares de verdade, após uma caminhada ininterrupta de 19 anos, do maternal à faculdade. Ansiava uma pós-graduação, […]

30 de maio de 2019

FRUTOS, BORBOLETA: A VIDA

Debaixo do chuveiro, a água animando a sonolência da noite bem dormida. Naquele instante, as ideias vão surgindo, projetos, textos, demandas. A lista dos afazeres do dia é repassada para seguir corretamente a agenda, que é calculada de acordo com o correr dos ponteiros, sem atraso. Característica dos capricornianos, atrelados ao tempo, ao trabalho, à […]

08 de maio de 2019

FAZENDO FAXINA

A campainha toca, sinal de visita. As portas dos armários são fechadas, as camas estendidas, objetos espalhados na mesa da cozinha ganham abrigo na parte escura da cristaleira. O quarto dos fundos, ainda bem que fica nos fundos, é inacessível aos olhos e também aos moradores que não encontram nada nas prateleiras que empilham tudo. […]